domingo, 31 de janeiro de 2010

Enchente: em 1987 choveu mais e as enchentes foram menores

.

"Para o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), que faz medições no Mirante de Santana, o mês atual está na TERCEIRA posição da série histórica deles, que começa em 1943.

Na zona norte, até ontem, havia chovido 426,8 mm. Os dois primeiros colocados do ranking são os meses de janeiro dos anos de 1947 (481,4 mm) e de 1987 (442,3 mm).

Folha de São Paulo

EM JANEIRO DE 1987 CHOVEU MAIS E AS ENCHENTES FORAM MENORES.

Sabe porque?

Porque somos vítimas de um governador relapso:

A terra e detritos acumulados no fundo dos leitos dos rios e das represas deveriam ser continuamente retirados.

Porque fazer algo, gastar dinheiro com algo que não passa na televisão?

Foi o que pensaram o Serra e o Alckmin.

O tempo passou e o rio entupiu de terra e detritos.

Começou a chuver muito. A água não consegue escoar pelo rio e...

A natureza mostrou o quanto o Serra e o Alckmin são relapsos com seus deveres.

Alagamento que dura um mês é NOVIDADE.

Como é novidade a rede de esgoto ficar dias borbulhando cocô por bairros inteiros.

Como é novidade cidades ficarem dias sem água.

Um governador relapso com o desassoreamento do rio também é relapso com a manutenção das bombas da Sabesp (companhia de água), com a manutenção das escolas, etc.

Enfim, é relapso com tudo.

E o cocô borbulhando por bairos inteiros da cidade. Uma triste novidade!

O jornalista Luis Nassif descreveu a rotina do governador (e não foi contestado): ele começa a trabalhar às 11 horas da manhã.

11 HORAS DA MANHÃ.

11 horas da manhã.

Depois gasta grande aprte do seu tempo fazendo política.

Isto é bom para você?




.

2 comentários:

Raquel Marques disse...

Ainda sobre o esquema de Corrupção na diretoria de ensino de Araraquara, O governador de São Paulo, pensa que exonerando dirigentes de ensino, diretores de escola (caçando a aposentadoria da Sonia Fernandes), absolvendo a principal causadora e responsável pelo esquema como fez,desresponsabilizando os supervisores de ensino que acompanhavam as escolas nas quais tem diretores processados, eximindo diversos diretores de escola de responsabilidade, como o diretor da EE. Victor Lacorte que tbém tem notas fiscais frias, nº 020 - 3ª via do talão consta 120 reais comissões, e muito mais..., e ainda o Senhor governador alega falta de mão de obra par dar aulas nas escolas públicas estaduais, como alega que não corrupção dentro das escolas... Por causa disso, muitos diretores e supervisores sairão ilesos e impunes e ainda um outro e sério problema os professores que não passaram na avaliação vão vender aula na periferia de São Paulo.
No último concurso para professor, tinha tanto candidato que houve tumulto na fila de inscrição e a policia militar teve que intervir…
Todo ano se formam centenas de jovens com idéias novas e muita vontade de trabalhar. Muitos com capacidade e vocação, só precisando de uma oportunidade. Não tem o pistolão, que é o quesito principal, e ficam de fora.
Professor novo ia oxigenar a rede, trazer novas idéias e a certeza que se não desempenhassem bem a função poderiam ser demitidos.
Prevaleceu a política do Quem Indicou, então o mau professor continua na rede.
Muito frustrante saber que foram reprovados e vão continuar enganando os pais.
Se o governador não tem coragem de encarar e desafiar a corrupção e o clientelismo, se tem medo do Pistolão que indicou a má professora, não devia ter feito a avaliação.
Dizer que não contrata novos professores temporários por falta de mão de obra, não convence nem o mais ingênuo dos paulistas.
Falta é coragem, falta interesse…
Raquel Marques - raquelmarques@hotmail.com

Biduck disse...

Como fala Merda...

A questão da impermeabilização do solo não conta???

A culpa agora é do governo relapso???

Vai se tratar PETISTA de meia tigela...